» Mural de Aprendizagem do 2º ano/EF

publicado em 1.8.17
...............................................................................................................................................

>> E a Ciranda da Literatura Itinerante continua.

Quinzenalmente, as turmas do 2º ano têm uma tarefa muito especial: ler por inspiração, para aprender a gostar de ler e, principalmente, ampliar o horizonte e a compreensão sobre o mundo. Dentro da sacola literária, uma indicação de tarefa que desafia cada criança a ler e depois se autoavaliar:

AUTOAVALIAÇÃO - Esta atividade foi positiva e contribuiu para o meu crescimento:



“O diálogo supõe: acolhida, escuta, percepção da realidade do outro e do momento em que vive, reflexão e colaboração na busca da verdade. É na interlocução com o outro e com o mundo, que se constrói a consciência crítica que impulsiona a transformação de si e da realidade.

Ao favorecer a participação, o diálogo torna-se antídoto contra as múltiplas formas de individualismo que marcam o nosso tempo. A participação é caminho para troca de experiência, para o fazer coletivo e a solidariedade que revitaliza os sujeitos envolvidos, fazendo com que se sintam irmanados e corresponsáveis pelo processo histórico”.

(Plano Interprovincial de Educação – 2011-2016).

A rica vivência dos Jogos e Brincadeiras na escola vem ao encontro da proposta educativa de Paula Frassinetti, que contempla saberes e vivências na dimensão da ÉTICA e da JUSTIÇA, sob a ótica dos indicadores: valores evangélicos, inclusão, cuidado e compaixão.

“Jogando, a criança aprende o valor do grupo como força integradora e o sentido da competição salutar, e da colaboração consciente e espontânea. Portanto, o lúdico, as brincadeiras e os jogos são atividades sérias, de fundamental apoio para a formação de seres integrais, tendo papéis muito importantes para o a inclusão social”. (A importância do lúdico no processo ensino aprendizagem – FCSGN).



>> Quando a tecnologia é parceira da Matemática.

As turmas do 2º ano curtiram muito utilizar o Laboratório de Informática para jogar. Nas aventuras do Dino, a meninada aprendeu e se divertiu bastante resolvendo os cálculos. Com a mudança de estratégia, as crianças ficaram ainda mais motivadas para aprender. Que sucesso!



 

>> Colocando em prática.

Que grande feira de livros vivenciamos! As crianças foram estimuladas a trazer livros da biblioteca de casa, e de sala a propor os preços a partir de estimativas de valores e montar, na turma, uma grande livraria. Utilizando do dinheiro de brinquedo, as crianças simularam compras, alternando os papéis de vendedores e compradores. Usaram muita estratégia de cálculos para dar o troco aos clientes.

Foi interessante ver que, as crianças que estavam comprando, acabavam por parar e deliciar-se com as histórias dos livros adquiridos. Um atividade que deu sentido prático para as crianças.




 

>> Colocando em prática.

A visita das turmas ao Museu de Artes e Ofícios possibilitou às crianças o contato mais próximo com o patrimônio cultural e o conhecimento de bens materiais e imateriais. Conheceram alguns processos de transformação de alimentos como o engenho, o fogão à lenha, entre outros. Daremos continuidade às pesquisas sobre os alimentos e montaremos um circuito de aprendizagem nomeado como patrimônio em foco.   







 

>> Do You Speak English?

As crianças do 1º e 2º anos estão curtindo aprender Inglês na companhia da teacher Miss Mayla. Em parceria com Matemática e Arte, trabalharam as figuras geométricas e as cores. Estimuladas pela professora, as crianças abraçaram o desafio de construir pequenos móbiles com as famílias.


 

>> “Vejam esta maravilha de cenário...”

As pesquisas sobre os alimentos dos estados brasileiros partiram da leitura do livro literário “AbrapracaBrasil ”. Inspiradas pelas viagens da cabra pelo Brasil e estimuladas pela ida ao Museu de Artes e Ofícios (MAO), as turmas do 2º ano estão aprendendo muito sobre a cultura alimentar do nosso país.

Aprendemos sobre a Virada Paulista, o biscoito Globo do Rio de Janeiro e nos surpreendemos com as curiosidades do Bolo de Rolo. Descobrimos que até o Papa João Paulo II, em viagem pelo Brasil, provou e gostou desse bolo. E que, em 2007, o Bolo de Rolo foi considerado Patrimônio Imaterial de Pernambuco. Para dar um gostinho ainda mais saboroso, contamos com a participação de algumas famílias que, gentilmente, providenciaram a iguaria de alguns estados. Provamos e aprovamos a Chipa do Pantanal, e a Cuca do Rio Grande do Sul, na turma 22M. Na turma 22T e 25T, a broa de fubá e o pão de queijo.