» Educadores do Colégio participam de Retiro Espiritual
em Cachoeira do Campo

publicado em 8.3.17
...........................................................................................................................................................

Nos dias 3 e 4 de março de 2017, dentro da Programação da Semana de Paula Frassinetti, um grupo de Educadores do Colégio Santa Dorotéia se reuniu na Casa de Retiros das Irmãs Salesianas (“Retiro das Rosas”), em Cachoeira do Campo para a vivência de um Retiro Espiritual. Com o tema: “E vós, quem dizeis que eu sou? (Mt 16,15), o Retiro foi uma oportunidade para a experiência da Espiritualidade de Paula em sua centralidade em Jesus Cristo e na Vontade de Deus.

O grupo identificou em Jesus uma série de perguntas (são mais de 220 perguntas de Jesus nos quatro Evangelhos) que nos compelem no dever e desafio de encontrá-Lo em nós mesmos, no outro, na natureza e nas escolhas que fazemos no nosso dia a dia. Iniciamos o Retiro, interpelando os educadores a refletirem sobre os seguintes questionamentos evangélicos: “Que procurais?” e “Por que sois tão medrosos?” Ao contemplar a maquete do Colégio Santa Dorotéia de Belo Horizonte, cada educador buscou o entendimento da missão evangelizadora que assume neste nosso espaço como forma de atualizar o Carisma de Paula para o nosso tempo. Junto ao Colégio (maquete), cada um encontrou também a sua casa, vida, missão, seus desafios, construindo assim a chamada casa comum.


Através do recurso da cosmética, cada pessoa foi acolhida como manifestação da presença de Deus no cotidiano e na vida ordinária. Assim como aquela pecadora do Evangelho lavou os pés de Jesus e perfumou-o com o nardo mais precioso, cada participante foi perfumado, cuidado e reconhecido em sua condição de filho muito amado de Deus. Com a biodança, rezamos o compromisso de todo cristão de promover a fraternidade e a acolhida nas relações, dando sentido ao Espírito de Família que Paula tanto solicitou e sonhou para o seu pequeno instituto.



O Retiro propiciou a cada participante sentir-se bem-aventurado. Através da meditação da Espiritualidade Inaciana, cada um fez, na experiência do silêncio e da oração um diálogo com Deus a partir do relato evangélico das Bem-Aventuranças. Ao descer do Tabor para o Jardim das Oliveiras, cada educador assumiu o desafio de abrir portas de acesso do seu interior para que, da partilha evoluamos cada vez mais para a experiência do compartilhar. No compartilhar, assumimos a dor e a delícia de ser o que se é com o outro, pelo outro e para o outro.

Encerramos o Retiro com uma celebração de ação de graças e rezamos o Salmo 91, colocando na presença de Deus o nosso desejo de cuidar da nossa tenda, da nossa casa comum, da nossa missão de educadores doroteanos, continuadores do legado e do Carisma de Paula Frassinetti.