Conclusão

 

Agora que você já pesquisou sobre os Jogos Olímpicos, você já conhece o Azerbaijão, sabe onde fica o Quirguistão e ouviu falar no Cazaquistão. Você já sabe que esses são países que participam dos Jogos Olímpicos de Pequim e estão competindo com o Brasil. E que esses pequenos países localizados tão longe de nós, também possui bons atletas, e a prova disso está no quadro de medalhas: todos eles estão à frente do Brasil.

Você sabe ainda que os Jogos Olímpicos é um evento esportivo que ocorre a cada quatro anos e reúne atletas de diversas nacionalidades que competem entre si para verificar qual é o melhor em cada modalidade esportiva. Isso significa que pessoas de religiões diferentes, raças diferentes, países diferentes e esportes diferentes estarão reunidos durante os jogos.

Assim, os Jogos Olímpicos tem como principal objetivo, reunir todos os povos, respeitando as diferenças entre as nações e promover a paz no mundo. A Bandeira Olímpica, que traz estampada cinco anéis entrelaçados, representa a união dos povos. Cada anel possui uma cor que representa cada um dos cinco continentes. E se na bandeira, os países estão entrelaçados, é assim que deve ser a relação entre os atletas olímpicos: o mais importante não é a conquista da medalha, e sim a possibilidade de representar o seu país nas olimpíadas, mesmo que o resultado não seja o esperado. Isso se chama espírito esportivo.

Dessa maneira, se o Tadjiquistão conquistar mais medalhas que o Brasil, você não deixará de torcer pelo seu país. O mais importante foi o que o Brasil fez nas Olimpíadas: Foi lá pra China e representou o nosso povo brasileiro!

 Juliana Freitas

(Professora de Educação Tecnológica de 5ª á 6ª série do Colégio Santa Dorotéia - Belo Horizonte)